Melanoma: 5 perguntas frequentes sobre melanoma

Eu já fiz um post aqui no blog falando que o melanoma ocorre quando as células que produzem pigmentos que mudam a cor da pele se tornam cancerosas e, assim, começa com manchas escuras na pele e é mais comum em partes do corpo que são mais frequentemente expostas ao sol.

O tumor geralmente é marrom ou preto, mas alguns melanomas não têm pigmento, e aquelas “pintinhas” podem aparecer em rosa, bege ou branco. O melanoma é um dos tumores mais perigosos e tem a capacidade de invadir qualquer órgão, criando metástases, inclusive no cérebro e coração.

Para trazer mais informações sobre esse assunto que gera muitas dúvidas eu reuni cinco perguntas frequentes sobre o melanoma e que considero pertinente o esclarecimento:

Quais as chances de cura do melanoma?

Embora o diagnóstico de melanoma geralmente traga medo e ansiedade ao paciente, se a doença for detectada o mais cedo possível, a chance de cura ultrapassará 90%.

Melanoma 5 perguntas frequentes sobre melanoma e os tratamentos
Melanoma 5 perguntas frequentes sobre melanoma e os tratamentos

O melanoma pode reincidir?

Pessoas portadoras de melanoma apresentam risco aumentado de desenvolver outro tipo de melanoma ou câncer de pele. Portanto, é muito importante limitar a exposição à luz ultravioleta e realizar autoexame mensal da pele para verificar possíveis sinais de melanoma ou novo câncer de pele. Os cânceres diagnosticados precocemente são mais fáceis de tratar.

5 perguntas recorrentes sobre melanoma
5 perguntas recorrentes sobre melanoma

Quem já teve melanoma pode tomar sol?

Para curtir a praia ou a piscina sem preocupações, esse ex-portador de melanoma precisa primeiro de bom senso. É importante evitar a exposição direta, especialmente sob forte luz solar entre 10h às 16h.

Use protetor solar ao longo do dia, não apenas quando a intensidade da radiação for alta. Qualquer pessoa com câncer de pele precisa de um produto com FPS maior (pelo menos 50) e não pode se esquecer de reaplicar a cada duas horas ou sempre que suar muito ou se molhar.

O que causa um melanoma?

Geralmente, quando células da pele com danos em seu DNA se multiplicam descontroladamente temos uma incidência de um câncer.  Ainda não está claro até que ponto os danos ao DNA nas células da pele podem causar melanoma.

A combinação de fatores ambientais e genéticos pode causar melanoma. No entanto, os médicos ainda acreditam que a exposição aos raios ultravioleta (UV) do sol, câmeras de bronzeamento e mutações genéticas hereditárias são ainda principais causadores.

Quem teve melanoma pode ser doador de órgãos?

Pacientes com melanoma não são elegíveis para doação de órgãos ou medula óssea, mesmo que seja um tumor in situ ou tratamento que tenha sido concluído com sucesso por um longo tempo.

O histórico médico do melanoma torna impossível doar órgãos não afetados porque algumas células cancerosas podem permanecer no corpo mesmo após a remoção do tumor.

Blog Especialista em câncer de pele Dr. Bones Jr.
Dr. Bones Junior

O Dr. Bones Jr. é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás e especializado em Dermatologia há mais de oito anos. Ele oferece atendimento e tratamentos humanizados, com técnicas de última geração, incluindo a especialização em Mohs, para proporcionar uma consulta dermatológica completa e eficaz.

Phone
WhatsApp
WhatsApp
Phone