O que é carcinoma basocelular?

O câncer de pele não-melanoma apresenta tumores de diferentes tipos. Dentre eles, o carcinoma basocelular é o tipo mais comum de câncer de pele e tem origem em certas células da camada externa da pele (epiderme).

Ele se manifesta de diferentes maneiras:

  • Inchaço pequeno e brilhante que aumenta lentamente na pele;
  • Inchaços que podem se abrir e formar uma crosta, às vezes com sangramento, ou podem ser planos, parecendo uma cicatriz.

Quais os tipos?

Existem vários tipos de carcinomas basocelulares. O tipo nodular geralmente começa com um tumor pequeno, brilhante, firme e elevado, de coloração quase transparente a rosada. Depois de alguns meses ou anos, vasos sanguíneos dilatados visíveis podem aparecer e o centro da ferida pode se abrir e formar uma crosta. Também é possível que haja sangramento no local, fazendo com que o paciente pense que se trata de uma úlcera em vez de um câncer.

Os outros tipos de carcinomas basocelulares podem variar muito em relação ao seu aspecto. Por exemplo, o tipo superficial aparece como placas planas finas avermelhadas ou rosadas, e o tipo morfeiforme apresenta placas mais espessas, na cor da pele ou levemente avermelhadas, que se assemelham às cicatrizes.

Carcinoma basocelular e maligno
O que é carcinoma basocelular? 3

Tratamento

Após o diagnóstico, existem algumas formas de tratamento e extração do tumor. O médico pode extrair o câncer na consulta por meio de raspagem e queimadura com uma agulha elétrica (procedimento chamado curetagem e eletrodissecação) ou através de ressecção. Os médicos também podem eliminar o câncer usando frio extremo (criocirurgia).

Em outros casos, certos medicamentos para quimioterapia podem ser aplicados na pele. A terapia fotodinâmica (laser) é outra opção. Já a radioterapia pode ser usada em casos específicos.

O que é carcinoma basocelular
O que é carcinoma basocelular

A Cirurgia de Mohs, feita através de uma técnica microscopicamente controlada, pode ser utilizada para alguns carcinomas basocelulares grandes ou naqueles que voltaram a crescer. Conhecida por sua segurança, é indicada para carcinomas que ocorrerem em determinadas áreas como região do nariz e olhos.

Para distinguir corretamente os tipos de carcinomas basocelulares é necessário consultar um dermatologista. Fique atento às mudanças na sua pele e comunique qualquer alteração importante ao seu médico.

Blog Especialista em câncer de pele Dr. Bones Jr.
Dr. Bones Junior

O Dr. Bones Jr. é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás e especializado em Dermatologia há mais de oito anos. Ele oferece atendimento e tratamentos humanizados, com técnicas de última geração, incluindo a especialização em Mohs, para proporcionar uma consulta dermatológica completa e eficaz.

Phone
WhatsApp
WhatsApp
Phone