Câncer de pele no nariz tem cura? Saiba mais!

Sabemos que o câncer de pele é um dos que mais atinge a população brasileira. Inclusive é o responsável por 30% dos diagnósticos. No entanto, o seu público-alvo são pessoas com mais de 40 anos e que se expõem de forma constante à radiação solar sem proteção. Mas será que o câncer de pele no nariz tem cura?

Se a população brasileira e mundial tivesse um pouco mais de conhecimento sobre esse tipo de doença, poderiam facilmente diagnosticá-la. E, com a ajuda de um especialista, ter a confirmação e partir para um tratamento.

Sendo assim, uma das áreas do corpo que mais fica exposta a luz solar é o rosto, em especial o nariz. E esses locais são os mais propícios ao aparecimento dessa doença. Contudo, poucas pessoas procuram prevenir. No entanto, o câncer de pele no nariz tem cura? É sobre isso que iremos falar.

Quais os principais sintomas do câncer de pele?

Antes de falarmos se o câncer de pele no nariz tem cura, é interessante saber alguns pontos. Então, se você não sabe quais são os sintomas, iremos te explicar. Um dos primeiros e principais sintomas que você deve se atentar, é o aparecimento de pequenas manchas na pele ou pintinhas.

Observe se as manchas estão coçando, descamando, sangrando ou mudando de cor, formato e tamanho. Fora isso, observe se há manchas com mais de 4 semanas sem cicatrização, por exemplo. Isso pode indicar algo mais sério.

Se você perceber qualquer um desses sintomas, recomenda-se procurar um especialista o mais rápido possível. Afinal, qualquer câncer, quando diagnosticado cedo e com início imediato de tratamento, as chances de cura são bem altas!

O médico dermatologista irá fazer um exame bem detalhado em você e poderá te encaminhar, caso ache necessário, para uma biópsia. O exame pode ser na mancha ou pinta, para ver se é ou não, maligno ou benigno e qual tipo de tumor você foi acometido.

Câncer de pele no nariz tem cura Saiba mais!
Câncer de pele no nariz tem cura? Saiba mais!

O que causa câncer de pele no nariz?

Exposição solar constante sem o uso de protetores solares por longos períodos pode desenvolver esse tipo de câncer. No entanto, ações preventivas podem evitá-lo de ser desenvolvido. Ou, se já presente no indivíduo, barrar o seu crescimento até o início de um tratamento eficaz.

O câncer de pele no nariz tem cura?

Vale ressaltar que o nariz é um dos locais mais afetados. Contudo, todo ou qualquer tipo de câncer de pele, se diagnosticado de forma precoce, tem cura sim! Como o nariz é um local muito exposto, quanto maior for a lesão, maior é a dificuldade do tratamento. Por isso, quanto mais cedo tratar, melhor!

O rosto como um todo e o nariz são áreas que precisam de muita atenção. Afinal, quanto maior for a lesão maior também será a dificuldade de reconstrução de pele boa após a retirada do câncer. Se for feito o tratamento ou cirurgia em estágio inicial, o resultado estético será melhor após todo o tratamento!

Quais os tratamentos de câncer de pele no nariz?

Já falamos que o câncer de pele no nariz tem cura, no entanto, deve-se fazer um parêntese quanto a esse assunto. Afinal de contas, para saber qual é o melhor tipo de tratamento, deve-se verificar o diagnóstico da biópsia.

Afinal de contas, é esse exame que irá indicar qual é o tipo de câncer em questão. E essa informação é essencial para escolher o melhor tipo de tratamento, levando em consideração qual é o seu tipo.

Vários fatores são levados em conta. Como por exemplo: qual o tipo de câncer, onde se encontra o câncer de pele, qual a sua extensão, e as condições clínicas que se encontra o paciente.

Atualmente, existem alguns tipos de tratamento de câncer de pele e os principais usados para o tratamento de tumores no nariz são:

Cirurgia Oncológica

Esse é bem direto e simples e, inclusive, é o tratamento preferencial dos médicos. Então, se você já procurou saber se câncer de pele no nariz tem cura, é bem provável que já tenha ouvido falar desse tipo.

Neste tratamento, um médico-cirurgião especialista remove a lesão. Esse médico pode ser: dermatologista, cirurgião-plástico, cirurgião-oncológico ou médico especialista em cirurgia de cabeça, por exemplo.

Se você tem medo, recomenda-se procurar por um médico com experiência no tipo de prática do tratamento ou cirurgia necessário a ser empregado em você, em um familiar ou amigo. Vale ressaltar que, com a medicina avançada nos dias de hoje, há muitas formas de você obter procedimentos seguros.

Se a remoção do câncer estiver em estágio inicial, o procedimento é bem ágil, sem a necessidade de internação. Contudo, caso a lesão seja maior, torna-se necessário a internação. Vale lembrar que, na maioria das reconstruções de pele no local, faz-se por meio de enxertos de pele ou retalhos.

Radioterapia / Quimioterapia

Esse procedimento é feito após a remoção por meio de cirurgia do tumor e é empregado em pessoas cujos casos de doenças são mais graves.

Terapia de Luz / Fotodinâmica

É o tipo de terapia empregado em casos de estágio inicial ou em lesões iniciais, onde é possível o uso de creme fotossensível, e seguido de aplicação de luz que destrói as células irregulares.

Imunoterapia

Esse tipo de tratamento é feito em lesões iniciais que estão se tornando irregulares, e é feito em alguns tipos de carcinomas. Deve ser feito por um profissional competente e experiente para realizar o procedimento corretamente. Ou seja, o câncer de pele no nariz tem cura, mas quando se faz da maneira correta.

Criocirurgia

Também conhecido como crioterapia, esse processo é baseado no tratamento de lesões a frio. O resfriamento rápido da pele provoca alterações imunológicas e a destruição de tecidos, fazendo com que a pele entre em apoptose (morte programada das células).

Pode-se utilizar na pele alguns tipos de agentes químicos. Contudo, o mais usado deles é o nitrogênio na forma líquida, em uma temperatura negativa de -190ºC. É um tipo seguro de método, pois é rápido, limpo e muito eficaz, quando se aplica da forma correta.

A sua utilização é feita para tipos específicos de carcinomas basocelulares, principalmente os casos onde ocorre cromomicose, e em tipos de doenças inflamatórias como liquenificação circunscrita. Sua ação também é muito boa em casos de verrugas, lentigos solares, ceratoses actínicas e seborréicas.

A sua correta aplicação deve ser feita para evitar problemas graves como por exemplo perda de membro ou necrose. Sendo assim, é muito recomendável que seja realizado por uma médico dermatologista experiente e habilitado.

Métodos eficazes de prevenção do câncer de pele

Atualmente, o que é ensinado pelos dermatologistas e por toda a comunidade científica é que se evite a exposição a luz solar em horários de maior incidências (entre as 10 da manhã e 16 horas da tarde), e que se faça o uso de óculos com proteção UV, roupas com proteção UV, chapéus e roupas largas e acessórios como guarda-sol ou sombrinhas.

Caso você precise se expor a luz solar, em torno de 12 horas (meio-dia), recomenda-se que procure áreas cobertas com sombra, como por exemplo sombras de árvores e toldos e, assim, minimizar a incidência solar sobre a sua pele.

Faça uso de filtro solar com FPS de no mínimo 15. Contudo, o ideal é 30, em especial quando a exposição for prolongada. Aplique o filtro da forma correta, se possível 3 vezes ao dia caso você trabalhe exposto ao sol. O uso em dias nublados também se faz indispensável.

Procure periodicamente examinar sua pele a fim de diagnosticar precocemente o câncer de pele. Peça ajuda de um familiar e um espelho e procure visualizar áreas onde você não consegue acesso.

Fica alerta em manchas que coçam, estejam descamando ou sangrando e se estiver a mais de 1 mês sem cicatrização, pintas que estejam crescendo e mudando de cor, tamanho ou forma.

Enfim, procure diagnosticar de forma precoce, pois evita muita dor de cabeça. O câncer de pele no nariz tem cura, cerca de 90% na maioria dos casos. Mas, para isso, deve-se descobrir cedo.

Veja também ->

Blog Especialista em câncer de pele Dr. Bones Jr.
Dr. Bones Junior

O Dr. Bones Jr. é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás e especializado em Dermatologia há mais de oito anos. Ele oferece atendimento e tratamentos humanizados, com técnicas de última geração, incluindo a especialização em Mohs, para proporcionar uma consulta dermatológica completa e eficaz.

Phone
WhatsApp
WhatsApp
Phone